Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Prefeitura de Içara adquire três caminhões

Publicado em 10/01/2022 às 15:40 - Atualizado em 10/01/2022 às 15:41

O Governo de Içara recebeu na manhã desta segunda-feira, dia 10, no Paço Municipal, três caminhões, sendo dois deles com caçamba basculante, custando R$ 1.140.000,00 e um espargidor, no valor de R$ 494 mil. Os três veículos totalizam R$ 1.634,000,00 de recursos investidos, que serão utilizados na usina de asfalto quente, que deve ser montada no município no primeiro trimestre deste ano, além de servirem também para os trabalhos do departamento de serviços urbanos, no pátio de máquinas.

 

O espargidor de asfalto é uma máquina que detém em seu tanque emulsões asfálticas de aquecimento e bombeamento para pavimentar o solo de rodovias e vias públicas. Já o caminhão basculante é muito utilizado para o transporte de materiais, além de receber a sujeira na limpeza das ruas e córregos.

 

O recebimento dos veículos foi acompanhado pelos setores de serviços urbanos, além da gestão de convênios. “São caminhões novos, bem equipados, que vão ser muito bem utilizados em vários setores  do município. Principalmente na usina de asfalto, pois com a fabricação própria do pavimento o município busca melhorar a qualidade de vida da população que tanto sofre com a poeira e com a lama”, disse a prefeita de Içara, Dalvania Cardoso.

 

Até o momento, R$ 5.353,500 milhões já foram contratados na compra dos equipamentos necessários para a usina, que terá capacidade para fabricar até 40 toneladas de massa asfáltica por hora.

 

No último ano o Governo já adquiriu a máquina vibroacabadora, que faz a aplicação do pavimento, assentamento e revestimento final do asfalto, a mini pá carregadeira, com implementos para fazer a parte de limpeza e fresagem, que é a retirada do asfalto antigo durante a manutenção do pavimento, além de três camionetes utilitárias que dão o suporte na logística dos profissionais e equipamentos.

 

“Em fevereiro vamos receber a própria usina de asfalto quente, que faz a mistura dos componentes para a confecção do asfalto, os tanques de emulsão, a balança de precisão e a pá carregadeira. A usina é um sonho antigo”, lembrou o gestor de convênios, Israel Rabelo.